Clique em SALVAR MODELO, se receber alguma mensagem de erro verifique novamente os passos dados. Clique em ELEMENTOS DE PÁGINA e depois em EDITAR no widget ARQUIVOS e a seguinte janela aparecerá que deverá ser configurado do seguinte modo, apenas o título é escolha livre, configure o resto de acordo com a seguinte imagem: Se quiser mudar o estilo do seu calendário, AQUI pode encontrar estilos diferente para o seu calendário Atalhos para os códigos Passo 1 Passo 2 Conteúdo © phydeaux3 Tradução Portuguesa: Ricardo Santos

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Trabalho Temporário

Trabalho Temporário Também dá Direitos
Contrato é Garantia para o Empregado e Empregador

Muitas empresas, em situações especiais, contratam funcionários temporários. Seja por um prazo de experiência, por um período determinado ou por intermédio de outra empresa que disponibiliza a mão de obra, é imprescindível que um contrato seja assinado entre as partes. Com ele, tanto os direitos como os deveres de ambos serão determinados, evitando problemas posteriores.
Se você está contratando um funcionário temporário, fique atento às regras desse modelo de contratação. O contrato temporário é recordista de mau uso e, havendo abusos, o funcionário pode até ter o vínculo de trabalho reconhecido pela Justiça, tendo direito a receber todos os direitos que os empregados CLT.
Se você está trabalhando temporariamente em uma empresa, saiba que goza dos mesmos direitos que os outros funcionários, exceto em relação à demissão. Entre eles estão: remuneração igual a dos empregados que ocupam a mesma função na empresa; pagamento proporcional de férias e 13o salário no término do contrato; pagamento de horas extras; vale-transporte; contribuição ao FGTS, inscrição na Previdência Social e contagem de tempo de contribuição para a aposentadoria.
Veja mais sobre contratos temporários de trabalho no artigo publicado na DINHEIRO & DIREITOS nº 14, jun-jul/08.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008


Documentação para Inscrição: Identidade e comprovante de residência.
Taxa de recursos instrucionais conforme Listagem.Os recursos instrucionais são repassados ao caixa escolar da Escola Técnica de Brasília para cobrir gastos com pagamento de instrutores, manutenção de equipamentos, material instrucional e de expediente.
Local: Secretaria da coordenação dos cursos básicos (Bloco 2 da ETB).
Telefone: (61) 3901-6764
Informações gerais
Duração e Carga Horária
: os módulos dos Cursos Básicos possuem uma carga horária de 40 horas, sendo divididas em 10 aulas de 4 horas, cada uma. Os dias de aula são planejados de acordo com a disponibilidade dos professores, equipamentos e interesses discentes.
Conhecimentos Anteriores: os conhecimentos anteriores (pré-requisitos) exigidos para cada curso, visam instrumentalizar o(a) aluno(a) para um melhor desempenho nos conteúdos propostos.
Currículo: o conteúdo curricular de cada curso buscará desenvolver estruturas cognitivas (conhecimentos) que conduzam às aprendizagens significativas, às construções/reconstruções de competências e ao desenvolvimento de habilidades.
Certificado: o aluno que concluir o curso com avaliação APTO e frequência letiva igual ou superior a 75% receberá da Escola Técnica de Brasília o Certificado de Conclusão do Curso.



Para saber os cursos que estão sendo oferecidos acesse o site da

Dicas para sua Vida Profissional

Algumas ações podem ajudá-lo a ser o seu Diretor Executivo do futuro, como:

Priorizar atividades que geram resultados – Não perca tempo com atividades que não tragam bons resultados. Conte com o planejamento estratégico para alcançar níveis de excelência ao longo do seu dia-a-dia;
Buscar responsabilidades e assumi-las – Sabe aquele projeto importante que o seu chefe está para começar? Prepare-se e esteja à disposição para colaborar. Para que você possa ser visto, muitas vezes é preciso se expor. Não espere, crie suas próprias oportunidades e lembre-se: quem não é visto não é lembrado;
Inovar e criar – Não realize suas tarefas de maneira automática, ou seja, pense sempre no que pode ser melhorado. Inovação é algo que toda empresa busca e, se você fizer isso também, há grandes chances de criar algo que faça a diferença para sua organização;
Aprender a cada instante – Aproveite todas as oportunidades para aprender algo novo. Acredite que não existem erros e acertos, apenas resultados. A partir deste pensamento, idealize maneiras de aprender com os resultados e ir à busca das suas metas;
Investir em você – Estude, trabalhe seu desenvolvimento pessoal e busque atividades que realmente lhe dão prazer e geram mais impacto positivo nos seus resultados. Para crescer na empresa é preciso crescer internamente, como indivíduo.
Conviver com profissionais experientes; estudar seus comportamentos, a forma como pensam, agem e superaram desafios; a maneira de se comunicar com o restante da equipe; e as estratégias que usam para lidar com as crises pode contribuir significativamente para o jovem “comprimir décadas em dias”.
Com isso é possível aprender em pouquíssimo tempo o que seu modelo demorou para aprender em uma vida.
Mas, não adianta conhecer e saber o que eles fazem e como fazem se nada for colocado em prática. Por isso, não se esqueça:
o segredo está em entrar em ação para descobrir qual será o seu real caminho.

Concurso da Secretaria de Saúde do DF

Secretaria de Saúde do DF lançará novo concurso com 510 vagas
29/10/2008 17:01

Menos de um mês depois de nomear 1.415 novos servidores efetivos, entre médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes administrativos, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal anuncia que realizará um novo concurso ainda este ano. No processo seletivo serão oferecidas 510 vagas - 300 para técnico administrativo, 35 para técnico em nutrição, 30 para administrador, 25 para farmacêutico, 50 para fisioterapeuta, 50 para psicólogo, 15 para biólogo e cinco para físico.Segundo a assessoria de imprensa da secretaria, o secretário Augusto Carvalho já assinou contrato com a Fundação Universa, que organizará o novo processo seletivo. As novas contratações e a abertura de novos concursos, de acordo com a secretaria, visam a solucionar a carência de profissionais para normalizar o atendimento em toda a rede.O edital dos novos concursos deve ser publicado até o fim de novembro, com previsão de que as provas sejam aplicadas em até 90 dias. No mesmo prazo, deve ser lançado, conforme antecipou Carvalho, um processo seletivo para admissão de 413 médicos residentes que atuarão na rede pública de saúde.

Para mais Informações: www.correioweb.com.br/concursos

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Prorrogado o prazo de inscrição para o Encceja


PRORROGADO O PRAZO DE INSCRIÇÃO PARA O ENCCEJA

As inscrições ao Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, o Encceja 2008, poderão ser feitas até o dia 14 de Novembro. A prorrogação do prazo foi dada pela Portaria nº 192, de 22 de outubro de 2008, publicada no Diário Oficial da União de hoje, 24. As inscrições, que são gratuitas, podem ser feitas pela Internet ou nas agências dos Correios dos estados e municípios que aderiram ao exame. As provas serão aplicadas nos dias 13 e 14 de dezembro.


A expectativa do Inep é que mais de um milhão de pessoas faça o exame neste ano.

A idade mínima exigida para o candidato é de 15 anos para o ensino fundamental e de 18 anos para o médio.

Acesse
e faça sua inscrição agora!
Assessoria de Imprensa do Inep

Prepare-se para ser demitido

A demissão pode ser uma preocupação constante de quem trabalha sob regimes jurídicos tradicionais (usualmente, empregado pela CLT), mas para todos os efeitos práticos (embora aí sob outras denominações e categorias jurídicas), aflige qualquer relação não-estável de trabalho, incluindo contratados sob regime de pessoa jurídica e até mesmo os servidores públicos comissionados. Mesmo os empreendedores estão sujeitos a ter subitamente negada a continuidade do seu negócio.
A frase que dá título a este artigo é do Max Gehringer, e embora ela seja um pouco exagerada em sua promessa, encerra em si muito valor, já que preparar-se direito para ser demitido aumenta a sua empregabilidade, e assim aumenta a chance de o seu empregador atual permanecer interessado em você.

Você busca se preparar para estar demitido? Devia, pois tudo pode mudar de repente, e a forma como você vai prosseguir não dependerá de mais ninguém. Mesmo o funcionário mais exemplar da empresa pode se deparar com situações em que uma falência, fusão, aquisição ou fechamento de filial levem ao desaparecimento do seu emprego atual.
E o alvo aqui não é estar apto a não depender em nada do seu emprego atual. Estamos falando de medidas relativas, que reduzam o choque após uma eventual demissão, e facilitem a busca de uma nova colocação.
Eu tenho em minha mesa de trabalho um pequeno quadro, com moldura e vidro, que traz a imagem de algumas engrenagens e a frase: “Só porque você é necessário, não significa que você é importante”, e isso me ajuda a lidar com a ilusão de que algum profissional possa ser insubstituível.

Demissão: como estar preparado Seguindo os passos abaixo, você aumenta sua empregabilidade e a também a tranqüilidade pessoal e familiar. Mas o mais interessante é que você também pode aumentar o seu rendimento e capacidade de assumir riscos no trabalho, resistir a conflitos éticos e ao assédio moral, e desenvolver várias outras características que podem ajudar seu atual empregador a manter-se interessado em você.
Tudo isso demanda tempo, esforço e economia, mas são investimentos em você mesmo, e na sua família. E o que é melhor: são inalienáveis, pois ninguém pode tirar de você o seu desenvolvimento pessoal, uma vez alcançado. Dificilmente alguém consegue fazer tudo, a não ser que seja um super-homem ou não faça mais nada na vida (o que também não é desejável), mas você pode escolher e priorizar de acordo com suas aptidões e disponibilidades.
Vamos aos passos, começando pelo essencial:

Tenha uma reserva financeira: Para este tipo de situação, investimentos de baixa liquidez (como terrenos, por exemplo) não ajudam muito. O ideal é ter condições de ter imediatamente disponíveis, ou facilmente conversíveis, recursos em dinheiro equivalentes a 3 meses do seu salário líquido, para ter segurança de que as contas continuarão sendo pagas normalmente no primeiro mês, e que um eventual aperto de cintos posterior possa ser feita com razoável grau de controle. Se você tem investimentos sem liquidez, pense em futuramente converter uma parte deles para uma alternativa como a descrita acima, mesmo que renda bem menos. Se você não tem nenhuma poupança, essa pode ser uma razão a mais para começar o fundo de reserva.

Mantenha atualizado seu currículo: E não é pelo motivo que você pensou: sair distribuindo currículos imediatamente no dia seguinte ao da demissão nem é algo que você deveria fazer. A razão de manter atualizado o seu currículo é que assim você fica sempre sabendo quais são seus diferenciais e o quanto você é um profissional atualizado. Tenho visto recentemente vários casos de profissionais que subitamente precisaram procurar emprego, e só aí percebiam que não faziam nenhum curso há 12 anos, não eram especializados em nada, não tinham experiências profissionais dignas de menção. Começar a manter atualizado o currículo pode evitar esta surpresa na hora errada, pois estimula a encontrar o que mencionar.
Enriqueça permanentemente o seu currículo: continuando a dica acima, você precisa ter o que dizer no seu currículo. No trabalho, procure se envolver em projetos e atividades que mereçam ser mencionados. Na sua comunidade, participe do centro comunitário, de alguma ONG ou de iniciativas que possam tirar proveito das suas aptidões, e nas quais você possa desempenhar algum papel que faça a diferença (como bônus, assim você também pode aumentar seu networking). Academicamente, faça cursos de extensão, aprenda algo que o mercado valoriza (como um idioma, informática, estatística, técnicas de vendas, resolução de conflitos, matemática financeira, ou o que for) ou dê um jeito de obter uma graduação ou pós-graduação - hoje dá para fazer isso até via Internet. Em paralelo, participe ativamente de grupos ou comunidades relacionados à sua profissão, busque contribuir com revistas ou sites da área, faça seu nome aparecer. Em suma: use os mesmos truques que quem está iniciando na carreira pode usar para dar brilho ao currículo.

Fortaleça vínculos e expanda seu círculo de contatos: o chamado networking funciona bem, mas só para quem se dedica a ele também quando não está precisando. Manter contato é fácil e pode ser até bastante espontâneo, envolvendo lembrar do aniversário dos amigos e mandar mensagens pessoais (nada de cartões enlatados do Orkut!), um telefonema ocasional, um e-mail a cada 3 ou 4 meses, e uma agenda de contatos bem organizada. Fazer cursos e participar ativamente da sua comunidade local e profissional são maneiras de expandir seu círculo de contatos, mas não pense que simplesmente obter uma lista com os telefones e e-mails de todos eles ao final da reunião já conta a seu favor - isso seria o equivalente a voltar do supermercado com um envelope de sementes, que só servirão para alguma coisa se você cultivá-las. Assim, você não vai se ver na situação chata de se ver sem ter a quem recorrer para obter indicações e dicas na hora em que precisar procurar trabalho, e nem vai fazer aquelas ligações que ninguém gosta de receber, de pessoas que não nos procuram há 20 anos, e só surgem quando têm um problema.

Acompanhe ativamente o seu mercado de trabalho: acompanhar passivamente, lendo as notícias e mantendo-se informado, é positivo, mas não é suficiente. O ideal é acompanhar ativamente, buscando fortalecer contatos com pessoas da mesma profissão que atuem em outras empresas (do mesmo ramo ou não), parceiros, fornecedores, consultores. Se possível, seja voluntário de alguma organização de ensino ou aprendizado da sua profissão, escreva artigos para as publicações da área ou da imprensa local, vá às reuniões do seu conselho ou associação profissional. Um sábio conselho, que ouvi há tempo e acredito, é que a melhor forma de obter um bom emprego é ter amigos bem empregados.

Envolva-se em atividades comunitárias na sua empresa: Se sua empresa tiver CIPA (comissão interna de prevenção de acidentes), brigada voluntária de incêndio, clube do livro ou outras atividades não-remuneradas e voluntárias, procure participar, e se possível integrar a diretoria - especialmente se não houver fricção política contra a administração da empresa. Se você fizer bem-feito e com foco na sua carreira, isso faz o seu nome aparecer localmente, abre caminhos e oportunidades, e ainda pode ser um item a mais no seu currículo.

Tenha uma fonte de renda adicional na família: Existem muitas possibilidades: aluguel de um imóvel, prestação de serviços, o salário de outro familiar, revenda de produtos, dividendos e tantos outros. Nenhum é fácil de obter, mas são fatores importantes de segurança profissional, e podem ser o pára-quedas necessário na hora do aperto. Na hora de escolher seus investimentos, considere este fator quando for definir seu mix.

Produza, mas também fique atento às suas atitudes no trabalho: na hora fatídica em que seu superior for chamado a reduzir em 25% a sua força de trabalho, ele não vai considerar apenas a produção de cada um, ou o quanto é importante a tarefa que cada um desempenha. Se ele for bom nisso, ele vai parar para pensar na qualidade da interação do grupo após a saída dos demais, e aí são as atitudes e a forma de se relacionar com os colegas que contam. Não é necessário se destacar como um líder, mas você deve evitar ser apagado ou detestado.

Invista em uma carreira paralela: e, se possível, autônoma. Existem muitos cursos e práticas que você pode buscar para aprender a atuar profissionalmente e de forma independente da empresa que lhe emprega. Mas, faça o que fizer, não permita que a empresa o veja como um potencial concorrente, nem misture os dois mundos - o da sua “carreira solo” e o da empresa -, senão o feitiço pode acabar se voltando contra o feiticeiro, e a sua busca por segurança em uma eventual demissão pode acabar se transformando na causa dela.

Cuidado com o medo: o medo da demissão às vezes leva o profissional a tomar as decisões erradas. Cautela sempre é bom, mas você precisa saber calcular riscos e assumir responsabilidades. Quem lidera precisa fazer muitas escolhas, mas quem atua em equipe também faz as suas. Esquivar-se delas, fugir à responsabilidade e buscar apenas as alternativas isentas de risco torna você um integrante preferencial na lista dos que serão descartados em qualquer corte, pois sua ausência fará pouca diferença ou falta. É melhor correr um pouco mais de riscos, bem calculados, e assim poder ser visto como peça-chave.

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Dicas de Currículo

MITOS SOBRE O CURRÍCULO
Um bom Curriculum Vitae deve ser extenso
Falso!
Um bom Curriculum Vitae deve ser sucinto e objetivo. Destaque apenas o que é verdadeiramente importante e esqueça os dados superficiais. Acha mesmo que é importante saber onde fez a escola primária? Ou que foi representante de sala na escola secundária?
Um Curriculum Vitae escrito a mão valoriza o candidato
Errado. O seu Curriculum ficará mais legível e mais bem organizado em mídia eletrônica.
O marketing pessoal é fundamental
Claro que é fundamental
saber fazer marketing pessoal e criar expectativas no eventual empregador. Mas deve-se ter muito cuidado na forma como expõe as suas qualidades: não exagere e, obviamente, não minta. Será muito prejudicial se vender o "produto" muito acima do seu valor real.
Originalidade é a palavra chave
Nem sempre! Apenas nas áreas criativas (como a publicidade ou o design) é valorizada uma imagem mais arrojada ou um formato diferente. Para os restantes casos, a sobriedade e a simplicidade são requisitos fundamentais.
Enviar por correio tradicional ou entregar "em mãos" é o meio mais seguro
Absolutamente falso!
Hoje em dia, a maior parte das empresas já prefere receber por meio eletrônico, já que é um método seguro para receber e organizá-los.
Um Curriculum Vitae completo deve incluir comprovantes das experiências citadas
Pelo contrário! A partida, não existem motivos para duvidar dos elementos que constam no seu currículo. Tal como normalmente não envia um comprovante de endereço, evite anexar certificados, diplomas ou cartas de referência ao curriculum, a não ser que seja expressamente solicitado.
MAS O QUE DEVO COLOCAR NO MEU CURRÍCULO
10 dicas de conteúdo para criar um modelo de curriculum caprichado
Quando alguém for analisar se deve ou não contratar você, ou chamar você para uma entrevista, existe um determinado conjunto de informação que essa pessoa precisa ter à mão - e cabe a você encontrar este ponto de equilíbrio, sem deixar faltar nenhum dado essencial, nem colocar informações desnecessárias que possam prejudicar a análise.
Siga as seguintes dicas:
1 - Nada de pressa. Prepare-se para dedicar algum tempo à tarefa de criar o seu currículo - ele não vai ficar pronto em 10 minutos, e certamente será um tempo bem empregado.
2 - Faça um diagnóstico. Procure se informar (no site da empresa, na imprensa ou de outra forma) sobre o que fazem as empresas para as quais você vai entregar o currículo, e que tipo de profissionais elas procuram. Escreva os currículos dando destaque às características que você tem e que se adequem ao perfil que a empresa deseja.
3 - Seja original. Para se inspirar, não há problema em ver modelos de currículos divulgados na imprensa ou em sites especializados, mas não os copie. Lembre-se que o seu avaliador provavelmente vai receber vários outros iguais a aquele modelo, e tudo o que você NÃO quer é ser apenas “mais um”
4 - Seja localizável. As informações de contato são essenciais. Elas devem vir no alto, em destaque, na primeira folha. Não procure ser mais extensivo do que o necessário: para a minha análise, basta ter o nome completo, telefone fixo, telefone celular e e-mail (todos devem estar atualizados e corretos). Informar múltiplos telefones fixos ou múltiplos e-mails deve ser evitado, a não ser que você tenha uma boa justificativa - o mínimo que se espera de um possível contratado é que ele consiga decidir qual o seu telefone e o seu e-mail de contato.
5 - Tenha um foco. Se você está procurando ao mesmo tempo uma colocação como professor de violão clássico e como programador web, faça um currículo separado para cada uma das vagas, sem misturar neles as aptidões tão diferentes entre si. Mas não tenha medo de mencionar (mas aí como nota adicional, sem destaque) no currículo para uma vaga técnica as suas aptidões artísticas ou humanas, ou vice-versa - as empresas não contratam robôs, e muitas vezes têm interesse em saber desde cedo como é a pessoa (e não apenas o profissional) que está contratando. O mesmo vale para atividades extra-curriculares, trabalhos voluntários e outros “extras”.
6 - Seja claro, direto e verdadeiro. Um ponto essencial é incluir a informação correta e completa, de forma direta e concisa. Tentar mascarar informações que a empresa vá descobrir depois é um risco desnecessário, e pode levar a uma posterior avaliação negativa simplesmente pelo fato de você ter tentado.
7 - Escreva de maneira informal, mas corretamente. Leia e releia, remova os erros de ortografia e gramática. Pontue, acentue. Entregue para alguém revisar, e verifique inclusive os dados e números. A última coisa que você quer é que o seu telefone de contato esteja errado. A penúltima coisa que você quer é que a presença de erros de digitação levem o seu avaliador a acreditar que você não é zeloso, ou que escreve mal.
8 - Seja seletivo. Dificilmente o seu avaliador desejará saber onde você fez o pré-escolar, ou o estágio obrigatório para se formar no segundo grau. É provável que ele queira saber se você fez cursos de informática ou de formação profissional em alguma área, mas o número de vagas para as quais é relevante a informação de que você fez curso de piano quando tinha 12 anos é bastante limitado. Incluir este tipo de detalhe no currículo é praticamente uma confissão de que o candidato não tem nada de mais relevante para informar, ou que não tem discernimento do que é importante. Duas boas razões para sair da pilha dos currículos que serão chamados para a entrevista…
9 - Inclua o essencial. Em um bom currículo, não podem faltar as informações de contato atualizadas, uma caracterização sobre você (nome completo, data de nascimento, cidade onde mora, estado civil, se tem filhos) dados sobre as experiências profissionais recentes (empregos, estágios - incluindo período e atividade desempenhada em cada um deles, no mínimo), a formação acadêmica (com detalhes apenas sobre as mais relevantes), e outras atividades e fatos que possam ajudar a definir você como profissional: participação em cursos e eventos, atividades como instrutor, atividades comunitárias, domínio de idiomas, aptidões adicionais (exemplo: dirigir, ter carro próprio…) e outros itens, desde que sejam relevantes para a vaga pretendida!
10 - Capriche no visual. Claro que a parte mais importante do seu currículo é o conteúdo, mas você definitivamente não deseja causar má impressão. Imprima com capricho, e entregue originais (e não xerox) do seu currículo em cada empresa. Se você tiver que corrigir alguma coisa, simplesmente edite e imprima de novo, nada de alterar escrevendo com esferográfica sobre o seu original desatualizado. Lembre-se que se você caprichar, o seu currículo pode ser o primeiro contato que a empresa terá com você. Mas se você não caprichar, é provável que ele seja o último.
E lembre-se sempre: nada de excessos. A sabedoria está no equilíbrio!

video

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Como não Desanimar?

Deixamos aqui alguns conselhos para que ultrapasse com SUCESSO o período que está desempregado.

Evite o Isolamento
Evite o máximo possível isolar-se de outras pessoas na fase do desemprego. Pelo contrário, deverá procurar apoio nas pessoas que o rodeiam. Poderá também tentar entrar em contato com pessoas que estejam na mesma situação, mas sempre com o extremo cuidado de n o se deixar contagiar pelo negativismo.
Faça Projetos
Antes de mais nada, pense em descansar nos primeiros dias ao ficar desempregado. Aproveite para ir a sítios onde ainda n o tinha tido oportunidade de ir e depois, calmamente, estabeleça um plano de ação. Adote uma postura positiva e dinâmica na procura de emprego e n o se sinta tentado a aceitar propostas menos adequadas. Não deixe que a sua ansiedade se reflita no processo de seleção, pois a empresa terá tend ncia a tomar partido dessa situaç o, propondo-lhe um salário abaixo das suas expectativas.
O processo de procura de emprego deve ser efetuado de forma serena e calma, sem deixar de ser persistente.
Não se fixe numa só proposta. Mesmo que considere ter grandes hipóteses de entrar para essa empresa, continue a procurar outras alternativas.
Aprenda a viver a realidade!
A situação de desemprego origina uma alteração nos ritmos de vida, dando lugar a uma sensação de vazio e frustração.
Não se desespere!
Adquira mais Formação
Assistimos, de forma gradual, a uma evolução exageradamente rápida na forma como se desempenham as diferentes funç es. Estas alteraç es prendem-se n o só com a informatizaç o das funç es, mas também com uma maior adequaç o s necessidades do mercado de trabalho. Deste modo, a reinserç o profissional passa assim, muitas vezes, por uma atualizaç o ou mesmo pela aquisição de novos conhecimentos.
Este é o momento para avaliar a sua experiência profissional e perceber quais as áreas que podem valorizar o seu currículo. Procure obter formaç o em áreas que lhe possam ser úteis no futuro.
Medidas de Proteção Social
O Estado garante medidas de proteção social na situação de desemprego, o que serve de algum conforto nesta fase de transição para a reintegração no mercado de trabalho.
COMO LIDAR COM A DEMISSÃO?

video

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Entrevista de Emprego

Como Conseguir uma Entrevista de Emprego

Tendo definido seus objetivos, há agora a necessidade de procurar os meios necessários para atingí-los.
Comece fazendo um currículo atrativo e bem estruturado, se precisar de ajuda converse com seu bispo que irá orientá-lo até o Líder de Bem Estar da usa unidade.
Responda a anúncios colocados em jornais e na Internet. As ofertas para profissionais qualificados são publicadas nos maiores jornais.
Coloque anúncios em jornais e na Internet. É uma forma prática de se dar a conhecer e de divulgar o seu interesse por determinados projetos profissionais.
Apresente-se diretamente as empresas. O envio de candidaturas espontâneas revela iniciativa, interesse e informação, qualidades que são muito procuradas na maioria dos empregos. Mesmo que não existam vagas em aberto, a sua candidatura será arquivada e utilizada assim que a empresa tiver essa necessidade. Muitas empresas recorrem exclusivamente a esta forma de captação de candidatos.
Contate empresas de Recursos Humanos. Contate o SRE através do Especialista de Bem Estar de sua unidade. Faça o CASP e se já o fez renove-o.
Peça a ajuda dos seus amigos e conhecidos. Definidos os seus objetivos profissionais e identificadas as empresas onde poderá encontrar espaço para a sua concretização, liste todas as pessoas que conhece com alguma ligação com essas empresas, ou que o possam pôr em contato com pessoas com elas relacionadas. Consulte-as sobre a melhor forma para chegar ao objetivo pretendido.

Ao Conseguir a Tão Esperada Entrevista de Emprego Como se Comportar ???


video

Turmas de CASP

Unidade: VALPARAISO II
Data de Início: 04 de Novembro
Data de Término: 06 de Novembro
Horário: 19:30h
Instrutor: Karen
O Curso de Auto-Suficiência Profissional tem o objetivo de ajudar as pessoas que se encontram nas seguintes situações:
Desempregadas, Subempregadas, Inabilitadas, Chefes de Família Solteiros, Ex-missionários que Necessitam de Orientação Profissional, Estudantes a procura de uma Profissão e Aposentados que Necessitam de Renda Maior.
O Propósito do Curso de Auto-Suficiência Profissional é preparar essas pessoas para encontrar emprego, matricular-se na escola, conseguir ajuda financeira, ou melhorar seus próprios negócios.
Para iniciar uma turma do CASP entre em contato deixando um comentário com seu email /telefone ou entre em contato com o especialista da sua unidade.



domingo, 19 de outubro de 2008

ENCCEJA 2008



Os interessados em obter certificação para os ensinos fundamental e médio devem ficar atentos.
Para realizar sua inscrição entre no site



INSCRIÇÕES ENCERRAM DIA
31 DE OUTUBRO DE 2008.


TURMAS DE REFORÇO NA ESTACA ALVORADA:

ALAS VALPARAISO I E II - Sábados de 9h ás 12h